BEM VINDOS

Caro Visitante

Benvindo a este espaço...

Espero que lhe possa trazer alguma informação útil, ou esclarecimentos, sobre a Hipnose Clínica, o convite que lhe faço é que o use para colocar questões, partilhar ideias, tirar dúvidas, ou registar testemunhos.
Criei-o a pensar em si...
Utilize-o como lhe fizer mais sentido...

O que é?



A Hipnose e a Hipnoterapia
Para melhor explicar estas técnicas, achei melhor explicar brevemente o processo, assim sendo, podemos dizer que a mente humana se divide em duas partes:
O consciente e o inconsciente.    
O consciente é aquela parte da nossa mente, mais activa, mais alerta, a que reage a estímulos externos, que nos chegam através dos cinco sentidos, ou internos através dos pensamentos ou emoções. O consciente trabalha com o aqui e agora, ajuda-nos a concretizar, a agir.
O inconsciente é a parte maior e mais poderosa, nele estão registados e armazenados os “ficheiros” contendo tudo o que já vivemos, experimentámos, ou aprendemos.
Cada memória é "arquivada" consoante a emoção sentida no momento em que aconteceu.
Por exemplo, se da primeira vez que um bebé viu um cão, ele estava a ladrar ou a correr para ele, poderá activar naturalmente o sistema automático de sobrevivência.
Ficando assim registado “cão = perigo”.
O animal, poderia estar apenas a cumprimentar o bebé, mas o registo de perigo para a vida, será o que prevalece no inconsciente. Então mesmo em adulto, tendo consciência de que não há perigo num cão, pode continuar com fobia a cães.
Essas programações no inconsciente ocorrem em qualquer altura na nossa vida e nem sempre essas informações criam trauma, vai depender também, da nossa capacidade de racionalizar ou relativizar nessa altura.
A Hipnose é um processo em que ao se induzir um estado modificado de consciência na nossa mente consciente, a “distraímos”, de forma a conseguimos aceder mais facilmente ao inconsciente, tratando directamente a origem do problema.
Essa “distracção” é criada usando técnicas e exercícios simples e muito agradáveis de relaxamento físico e mental, usando para isso visualizações, sugestões ou outras.
A Hipnose é um estado perfeitamente seguro e natural. Diariamente experimentamos estados de transe leve, quando ao ler um livro, nos absorvemos tanto na história que não ouvimos nada do que passa em redor; ou quando fazemos uma longa viagem de carro, chegando ao nosso destino, sem nos lembrarmos como lá chegámos, etc. Estamos perfeitamente acordados, mas mais atentos ao que é interno, pensamentos, emoções, reflexões.
É nesse estado que em Hipnoterapia trabalhamos a mente inconsciente, o paciente é que conduz, o terapeuta apenas utiliza este estado de permeabilização para facilitar o caminho para a solução por parte do paciente. Provocando assim a mudança necessária dentro dele próprio, para encontrar a resolução dos problemas apresentados e que lhe provocam uma diminuição na sua qualidade de vida, quer pessoal, profissional, ou social.