BEM VINDOS

Caro Visitante

Benvindo a este espaço...

Espero que lhe possa trazer alguma informação útil, ou esclarecimentos, sobre a Hipnose Clínica, o convite que lhe faço é que o use para colocar questões, partilhar ideias, tirar dúvidas, ou registar testemunhos.
Criei-o a pensar em si...
Utilize-o como lhe fizer mais sentido...

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

As Férias escolares chegaram ao Fim...
... Mas será que a mente do seu filho sabe disso? 

Consultório em Setúbal - 93 457 30 40

terça-feira, 14 de abril de 2015

As Crianças e a Hipnoterapia


As aplicações da Hipnose Clínica em crianças são diversas, casos como:

- Distúrbios de ansiedade
- Falta de auto-estima
- Baixa sociabilidade 
- Fobias diversas
- Terrores noturnos
- Perturbações traumáticas
- Dificuldades de concentração
- Enurese noturna (Xixi na cama)
- Hiperatividade ou outras perturbações comportamentais.
são apenas alguns dos exemplos dos problemas, que podem ser atenuados, ou até resolvidos por completo com recurso à Hipnoterapia.

Durante a minha prática terapêutica com crianças (por norma desde os 5/6 anos de idade), descobri que as vantagens reais, em resolver ainda cedo na vida essas perturbações, cria espaço para que a criança cresça mais feliz e com recursos futuros, que ficarão consigo durante toda a vida, podendo abrir a porta para a concretização de um adulto mais completo e preenchido, que faz melhor uso do seu potencial.

A Hipnose aplicada em crianças é bastante simples. Já que são seres em formação, a indução é leve e bastante rápida, pois a sua mente, encontra-se em constante estado de “absorção” de conhecimentos. 

Geralmente são processos que envolvem poucas consultas, podendo até, em muitos casos (mais simples), ser necessária, apenas uma sessão.

A resolução do problema é também muito acessível, recorrendo a metáforas (contos, histórias) e técnicas de visualização, durante as quais a criança está relaxada e confortável, são explicadas aos pais, que participam ativamente na consulta.

Desta forma segura tranquila e totalmente natural, é facilitado à criança uma forma de ultrapassar o problema, sem quaisquer efeitos negativos ou adversos indesejados.

Ajude o seu filho, a crescer mais saudável e a tornar-se tão Feliz quanto deve ser! 
Texto por: Laura Rodrigues

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Ansiedade: Sintomas, Causas e Soluções



A Ansiedade um sentimento causado por diversos fatores, mas, sempre despoletada pela ideia de perigo, eminente, ou futuro, que como muitas vezes dizemos é sofrer por antecipação”.

Esse perigo pode ser real ou imaginário, mas, ao criar uma preocupação constante na nossa mente, vai ser ampliado por ela, causando assim o transtorno.

A Ansiedade tem vários rostos, graus e sintomas, os mais frequentes são:
Insóniasroer as unhas, aumento de apetite, tremores, taquicardiaaperto ou dor no peito, sensação de garganta obstruída, boca seca, transpiração excessiva, nervosismo, compulsividade, gaguez entre tantos outros.

Causando: 

üMedos e angustias, sem motivo aparente;

üAutocrítica destrutiva, acompanhada de dialogo interno negativo;

üSentimentos de raiva ou irritação exagerada, em relação a si ou aos outros;

üMedo de cometer erros, optando muitas vezes por nem tentar, pelo receio de ser  objeto de criticas;

üBusca incessante dum Perfeccionismo exagerado, busca essa que lhe acaba por causar mais frustração;

üE de uma forma geral, a preocupação constante desnecessária, que por norma se acaba por revelar exagerada e desfasada da realidade, mas que mesmo assim a própria pessoa não consegue controlar.

Nos nossos dias vivemos essa ansiedade ainda mais inflamada, pois com toda a sociedade concentrada na competitividade, acaba-se por criar o monstro dos “Super”, ser o “Super bem sucedido”, o “Super-profissional”, a “Super-mãe ou pai”, “Super-elegante”, “Super-filho/a”, “Super-amigo”, mais outros tantos, tantos “Super’s” e tudo isso, pasme-se, num ser humano apenas… 
Criando-se assim a frustração, que fermenta e cresce. 

A Ansiedade pode ainda assumir formas mais graves e complexas, que acabam por escalar para fobias incapacitantes, Transtornos Obsessivo-Compulsivos (TOC), ou aos síndromes de inadequação, que se baseiam no desespero total, não vendo qualquer sentido na vida, nem em permanecer nela.

Existe medicação para a ansiedade,  mas que apenas produz eficácia durante o período de toma regular, verificando-se que após cessação da mesma os sintomas regressam .

A Terapia torna-se assim, o veiculo indispensável ao tratamento eficaz da Ansiedade. Tendo nesse campo a Hipnoterapia, a maior taxa de sucesso em comparação com outras técnicas terapêuticas, para além de ser, também, a que requer menor investimento, pela rápida eficácia e curta intervenção.

Não sofra por Ansiedade, procure ajuda e resolva viver Feliz!
Texto por: Laura Rodrigues